Passer au contenu

Pays

Douglas DC-6A e DC-6B Descrição e Manual de Operação

translation missing: fr.product_price.price.original €19,00 - translation missing: fr.product_price.price.original €19,00
translation missing: fr.product_price.price.original
€19,00
€19,00 - €19,00
translation missing: fr.product_price.price.current €19,00

Douglas DC-6A e DC-6B Descrição e Manual de Operação

1955

Os aviões da série DC-6A e DC-6B, construídos pela Douglas Aircraft Co., Inc., são monoplanos de longo alcance, de asa baixa com asa e empenagens completas, fuselagem semi-monocoque, e trem de pouso triciclo totalmente retrátil, atuado hidraulicamente. São acionados por quatro motores Pratt & Whitney Double Wasp, 18 cilindros, deslocamento de 2800 centímetros cúbicos, motores radiais equipados com hélices de passo reversível Hamilton Standard.

Sua velocidade máxima é de 508 km/h, podendo transportar entre 54 e 102 passageiros em até 4.800 km.

704 aeronaves foram construídas entre 1946 e 1959.

A cabine principal, o cockpit e os compartimentos inferiores da fuselagem são pressurizados e aquecidos por um sistema de ar condicionado que pode ser operado tanto automática quanto manualmente. O pára-brisas e as bordas dianteiras do aerofólio são protegidos contra o acúmulo de gelo pelo ar aquecido.

O convés de vôo inclui dois assentos estofados e ajustáveis para o capitão e o primeiro oficial. Um assento de salto, instalado logo após o pedestal de controle e sobre o degrau, é para um engenheiro de vôo e se dobra e se encosta contra a face interna do suporte do rádio. Instalações opcionais podem ser feitas para um operador de rádio e um navegador.

O avião DC-6A é projetado para o transporte de carga e é equipado com acessórios de amarração de carga, portas de carga e outros equipamentos de movimentação de carga. O avião DC-6B é projetado para o transporte de passageiros e é equipado com mobiliário e equipamentos internos adequados.

O Manual de Descrição e Operação DC-6A e DC-6B é dividido em duas seções primárias: Seção I, Procedimentos de Operação de Aviões, e Seção II, Sistemas e Equipamentos para Aviões. Um apêndice, listando a eficácia da instalação do sistema e/ou unidade, e um índice alfabético também estão incluídos.

A Seção I incorpora instruções para a operação do avião tanto em condições normais quanto de emergência. Cada fase de operação é incorporada em um capítulo separado, e cada capítulo é paginado e paragrafado individualmente.

A Seção II incorpora a descrição funcional da estrutura e dos sistemas operacionais do avião. Os componentes de cada sistema são referidos e cobertos por função somente em seus sistemas associados; eles são detalhados em seus respectivos sistemas.

633 páginas - em inglês